Pensamentos divergentes, pensamentos Convergentes

Tudo finalmente acabou, acho que já não é preciso provar nada. Porque de facto, eu não fiz por Mal. Hoje tive todo o dia a trabalhar num texto, para a escola, para o meu projecto final, estou a tentar reduzir no tabaco, e a pensar sinceramente se quero continuar na comunidade, não sei até que ponto ficaram afectados com o que disse ou não disse, se bem que uma das adminitradoras disse-me que o deveria fazer, mas não sei.

Acho que estou com problemas, pela primeira vez, eu não me sinto culpada de nada, foi um comentário normal, ainda queria saber o por quê é que uma lésbica não pode ter uma experiência no mundo da heterossexualidade, não era lésbica? Não se sente atraída? Então no caso de uma violação? Não podemos ser violados por uma pessoa lésbica? Então e em vez de eu escrever o que escrevi se pussesse que a pessoa se senteria atraída por outra mas do mesmo sexo? Seria isso confuso?

Seria para esquecer a namorada? Não sei, mas já tenho medo da minha história, que também seja mal interpretada?

No fundo, luto pela originalidade. Pelos temas difíceis na sociedade, a minha marca é resolver e ajudar as pessoas a resolver e a aceitar umas às outras conforme o são, sem haver o exteriotipo das “bichas” ou dos Castelo’s Branco’s, afinal todos nós somos iguais perante a lei, pagamos todos os mesmos impostos e temos todos as mesmas atitudes ou deviamos ter, como pessoas de direito que somos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s